Ciclo de Debates abre com tema sobre adolescência e juventude 24/04/2018

O debate intersetorial sobre adolescência e juventude teve início nesta sexta-feira, 27 de abril, na Câmara de Vereadores de São Leopoldo, reunindo trabalhadores, gestores das secretarias municipais e de organizações da sociedade civil. Ainda acompanharam a atividade representantes das cidades de Novo Hamburgo e Campo Bom.


O 1º Ciclo de debates intersetorial tem como temática "Adolescência e juventude, como quebrar o ciclo de dependência rumo a sua emancipação” e para dar início às atividades participaram como palestrantes os assistentes sociais Fábio da Silva Bernardo e Camila Ferreira da Rosa. Os encontros serão trimestrais e abertos para os municípios da região.
De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Ângela Machado, o objetivo do ciclo é construir políticas públicas voltadas às crianças e adolescentes reunindo os órgãos com atuação nesta área. “Não temos verbas, mas temos comprometimento e boa vontade”, destacou a secretária de Desenvolvimento Social, Ângela Machado.


A vice-prefeita Paulete Souto falou sobre a importância de um espaço para abordar o tema. “O desafio é muito grande. Os governos estadual e federal tiraram as possibilidades de um país com mais probabilidades, com a dimensão que expressaria o que é justo. É necessário que nos unamos para traçar diretrizes e enfrentar as questões que estão postas”, frisou.


A palestrante Camila Ferreira da Rosa atua na Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), em Porto Alegre. Para Camila Rosa, a discussão intersetorial é importante para pensar como a rede de assistência vai atender os jovens para evitar que cheguem ao sistema prisional.


Fábio Bernardo defendeu que a temática não é uma questão que deve ser atribuída apenas à assistência social. Bernardo ressaltou a necessidade de que as diferentes áreas do governo e as organizações da sociedade civil assumam a sua responsabilidade neste trabalho.


A vereadora Iara Cardoso participou da abertura do evento. O secretário de Direitos Humanos Dudu Moraes também acompanhou os trabalhos.
O Ciclo de Debates é uma realização da Secretaria de Desenvolvimento Social, com a parceria das secretarias de Direitos Humanos (SEDHU), Políticas para Mulheres (Sepom), Saúde (Semsad), Segurança e Defesa Comunitária (Semusp), Educação (Smed) e apoio do Conselho Municipal de Educação (CME). O ciclo tem caráter regional e vai ocorrer trimestralmente.


Instituto Lenon Joel pela Paz
Educandas da oficina de música da instituição apresentaram as músicas “Trem Bala” e “É preciso saber viver”, acompanhadas do educador Paulo Gomes. A coordenadora do Instituto, Delci Mello, também esteve presente. Hoje são atendidas 200 crianças e adolescentes com idades de 6 a 17 anos nas atividades do Instituto voltadas ao fortalecimento de vínculos.


Sobre os palestrantes
Fabio Bernardo da Silva: assistente social, fundador da Associação Meninos e Meninas de Progresso (Ammep), ex-secretário de Desenvolvimento Social e de Saúde em São Leopoldo. Hoje, atua como gestor empresarial no ramo de prestação de serviços.
Camila Ferreira da Rosa: assistente social, técnica superior penitenciária, diretora do Departamento de Tratamento Penal (DTP) da Susepe.

 
|Fotos: Thales Ferreira | MTb 18.891|
Fonte: 

banda logo

É uma rádio que tem o compromisso de atender a cidade de São Leopoldo e região do Vale do Sinos, que por 17 anos  vem cativando os ouvintes com uma programação bem diversificada, músicas de qualidade, notícias, entrevistas, debates, utilidades públicas e interação com o ouvinte.



Av. Integração 1814 Feitoria São Leopoldo/RS | (51) 3575-2818 | (51) 3091-8361 | radiofeitoriafm@gmail.com